Postagem em destaque

Comidinhas & Bebidinhas: Receita de Doce de Leite Caseiro

Doce de leite é uma das sobremesas mais queridinhas, inclusive é um dos recheios preferidos de sonhos e churros. Apesar de ser prático c...

segunda-feira, 26 de junho de 2017 0 comentários

7 formas de aumentar sua disposição para as tarefas do dia a dia

Algumas vezes você já se sentiu mais cansado do que o normal? Ou notou que o dia passou muito mais rápido do que você esperava e você não terminou nem metade do que tinha para fazer?

Pode ser que você esteja fazendo algo errado e sua disposição esteja muito abaixo do normal. Talvez você esteja se sobrecarregando com sua rotina! Que tal aprender 7 formas de aumentar sua disposição para as tarefas do dia a dia?

Vem comigo!

1 - Levante sempre no mesmo horário



Ok, você pode se dar uma folguinha nos finais de semana e abrir mão do despertador. Mas durante a semana, nos dias que for para o trabalho o melhor é levantar sempre no mesmo horário. E aqui entenda levantar como "acordar sempre no mesmo horário".

Então abandone o hábito de colocar o despertador para as 6h e levantar as 7h, sempre apertando o "mais cinco minutos", você não está descansando de verdade! Se você pode levantar às 7h coloque o despertador para as 7h e assim que ele tocar se espreguice e saia da cama!

2 - Crie uma ordem para suas tarefas



O que você faz após levantar da cama? Troca de roupa? Toma café da manhã? Toma um banho?

Não importa qual seja a tarefa, mas tente manter uma ordem a cumprir todos os dias, assim você economiza tempo e não sai de casa correndo desesperado (a) por estar atrasado (a).

3 - Adote o hábito de dar "bom dia"



Trabalha fora de casa? Então nada de chegar de cara feia ao seu emprego. Adote o hábito de dar "bom dia" para seus colegas e para qualquer pessoa com quem cruzar, mesmo que você não a conheça e ela trabalhe em outro setor.

Um "bom dia" ajuda você a se sentir mais leve e animado (a), o que significa dizer que contribui para aumentar a sua disposição.

4 - Aproveite bem o horário de almoço



O horário de almoço não existe a toa no seu emprego. Aproveite o momento para comer com calma e também para relaxar um pouco. Converse com os colegas de trabalho, leia um livro, faça uma caminhada próximo a região que trabalha.

O importante é que nesse momento você consiga se desligar e relaxar.

5 - Ouça música



Música é uma ótima forma de relaxar e também ajuda a aumentar a criatividade. Então, se puder ouça música por um momento do seu dia. Pode ser a sua playlist do Spotify ou aqueles mp3 que você salva no seu celular. Apenas aproveite o momento.

6 - Tome cuidado com as refeições



Refeições muito pesadas podem te deixar com sono ou até mesmo com aquele ar de corpo pesado. Prefira apostar nos alimentos mais leves e em uma dieta balanceada. Além de cuidar da sua saúde você também ganha mais disposição para suas atividades diárias.

7 - Procure ter um sono de qualidade



Dormir não é uma atividade inútil, mas sim algo muito importante para que seu corpo possa repor as energias. Então durma sempre no mesmo horário e tente descansar ao menos 8h por dia. Tem dificuldade para pegar no sono? Experimente fazer algo que ajude a relaxar, como técnicas de respiração ou até mesmo se deitar mais cedo e ficar no escuro.
sexta-feira, 23 de junho de 2017 0 comentários

Comidinhas & Bebidinhas: Receitas de sopas para aquecer seu inverno

As sugestões da Isabela servem tanto como entrada ou prato principal da refeição

Com a chegada do meio do ano, chega também o típico friozinho do inverno. Para essa época, a dica da Isabela, marca de massas, biscoitos e torradas da Região Sul, é preparar deliciosas sopas que ajudam a esquentar e deixam as noites em família mais aconchegantes.

Além de ótimas entradas, as sopas também podem ser servidas como prato principal do almoço ou jantar. Isso porque as sugestões de receitas da Isabela incluem massas nos pratos já recheados de ingredientes nutritivos como carnes e legumes. “Para deixar uma refeição completa, é preciso incluir fontes de carboidratos, proteínas, legumes, vitaminas e minerais”, explica Beatriz Botéquio, nutricionista da Equilibrium, consultoria da Isabela.

O Caldinho de Feijão tem como ingrediente principal a leguminosa que traz vários benefícios para a saúde por ser rica em proteínas, minerais e fibras alimentares. O acréscimo de massas na sopa deixa a refeição completa, por ser uma ótima fonte de carboidrato.

Para quem quiser experimentar sabores novos e diferentes, a dica é preparar a Sopa Oriental. Com temperos típicos dessa região, como gengibre em pó e molho de soja, a receita une a proteína do frango com o carboidrato das massas, sendo mais uma alternativa de refeição equilibrada. A combinação de sabores faz da sopa uma deliciosa escolha para ser saboreada em ocasiões especiais.

Confira abaixo como preparar as sopas da Isabela e deixe seu inverno mais quentinho.

Caldinho de Feijão


Ingredientes:
½ kg de feijão
1 xícara (chá) de bacon, em cubinhos
1 xícara (chá) de linguiça calabresa, em cubinhos
½ embalagem de Alfabeto Animado Com Ovos Isabela

Farofa de Biscoito:
½ embalagem de Biscoito Cream Cracker Isabela
3 colheres (sopa) de azeite
2 dentes de alho, picados
Sal, pimenta-dedo-de-moça e salsinha a gosto

Modo de Preparo:
- Comece preparando o caldinho de feijão.
- Bata no liquidificador o feijão já cozido e temperado, passe pela peneira e se necessário acrescente água até obter 2 e ½ litros de caldinho de feijão, reserve.
- Numa panela grande, acrescente o bacon, a linguiça calabresa e deixe fritar.
- Junte o caldinho de feijão, a massa e deixe cozinhar por cerca de 6 minutos ou até que a massa fique “al dente”, macia porém resistente à mordida.
- Enquanto isso prepare a farofa de biscoito.
- Bata o biscoito no liquidificador até obter uma farofa. Numa frigideira média, aqueça o azeite e refogue os dentes de alho.
- Acrescente a farofa de biscoito, a pimenta-dedo-de-moça e a salsinha e deixe fritar por 2 minutos.
- Retire o caldinho de feijão do fogo e sirva imediatamente polvilhado com a farofa de biscoito.

Rendimento: 8 porções
Calorias por porção: 509 kcal

Sopa Oriental


Ingredientes:
1/2 embalagem de Boca de Leão Com Ovos Isabela
2 dentes de alho, picados
400g de peito de frango, em tirinhas
1 talo de salsão, em cubinhos
2 colheres (sopa) de molho de soja
1 colher (chá) de gengibre em pó
2 colheres (sopa) de azeite
1 cebola, picada
2 cenouras, em cubinhos
200g de ervilha torta, em pedaços pequenos
1 colher (chá) de páprica picante
A gosto sal e cebolinha picada

Modo de Preparo:
- Numa panela grande, aqueça o azeite, refogue o alho e a cebola.
- Junte o frango e deixe refogar por 5 minutos.
- Acrescente a cenoura, o salsão, a ervilha torta, o molho de soja, a páprica picante e mexa delicadamente.
- Adicione na panela 2 ½ litros de água fervente e deixe cozinhar por 15 minutos.
- Acerte o sal, junte a massa e deixe cozinhar por cerca de 6 minutos ou até que a massa fique “Al Dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida.
- Retire do fogo, tempere com o gengibre, a cebolinha e sirva a seguir.

Rendimento: 8 porções
Calorias por porção: 163 kcal


**Post de Parceiro.
quarta-feira, 21 de junho de 2017 0 comentários

Perder um amigo dói bem mais do que perder um amor

Dizem que perder um amor dói. Perder um amigo mata.


Há quem diga que a dor do amor é a pior de todas. Que é insuportável perder alguém que você ama no sentido de amor de casal. Um namorado (a), ficante, marido/esposa.

Diria que eu discordo disso. Perder um amigo - e aqui entenda um amigo de verdade, que é realmente especial para você - dói bem mais do que perder um amor.

Seu coração se parte da mesma maneira. Porque quem disse que não existe amor entre amigos? O amor de amigos. Aquela pessoa que é praticamente da sua família, quase um irmão ou uma irmã.

E de repente acontece uma confusão, um mal entendido ou até mesmo vocês acabam confundindo as coisas e se envolvem como mais do que amigos.

Tudo muda, vocês não conseguem mais conversar. Ninguém abre o coração e conta o quanto está magoado, o quanto não esperava aquela atitude. Fica apenas aquela mágoa guardada.

Aí ele vai embora. E você se pergunta se fez algo imperdoável, se o erro foi apenas seu. Você passa dias, meses, anos tentando entender onde foi que tudo se perdeu, se questionando se isso tem volta, se algum dia você será perdoado.

E sim, isso vai te marcar para sempre. Porque amores vão e vem. Agora amigos não. Amigos deveriam ficar para sempre, nos ensinar e ao mesmo tempo aprender algo.

Então se você tem um amigo (a) especial não deixe ele ir. Não deixe que a mágoa destrua aquilo que vocês tiveram tanto trabalho para construir. Porque sim, perder um amigo dói bem mais do que perder um amor.

Deixa o orgulho de lado antes que seja muito tarde. Antes que isso destrua vocês por completo. Antes que isso te mate!

Vai atrás, conversa, abre o coração. Talvez saiam vocês dois chorando - ou rindo - da situação. Mas também mais leves, mais tranquilos e quem sabe muito mais amigos...
terça-feira, 20 de junho de 2017 0 comentários

7 sugestões de tatuagens delicadas para fazer

Tatuagens hoje em dia são algo muito comum e até mesmo quem tem um pouco de medo de agulhas começa a procurar aquela arte que gostaria de deixar marcada para sempre em seu corpo.

Claro que o preconceito ainda existe, ainda assim isso não é motivo para desistir da ideia de fazer uma tatuagem em qualquer parte do corpo.

Se você ainda não fez nenhuma e tem certo receio em apostar em algo muito complexo por medo de se arrepender ou até mesmo prefere algo mais delicado, confere essas 7 sugestões de tatuagens delicadas que separei aqui:

1 - Coração


Quem gosta de corações e também de viajar pode fazer esse discreto coração juntamente com um avião. Tornozelo, pulso e ombro são sugestões de locais onde você poderá fazer o desenho.

2 - Pássaros


Os pássaros também estão na lista das tatuagens delicadas que podem ser feitas. É uma boa opção para quem dá valor a liberdade e gosta de se sentir exatamente como os pássaros, sempre em rumo a uma nova direção. Pode ser feita nas costas e até mesmo no pulso ou na perna.

3 - Estrela


Estrelas ficam bonitas em qualquer parte do corpo. Além de delicadas são ideais para quem gosta de algo que lembre a noite ou o céu estrelado. 

4 - Frases


Frases curtas são uma boa opção para quem está em busca de algo mais discreto e delicado. Semelhante ao Stay Strong da Demi Lovato. Pense em algo que significa muito para você, como um lembrete importante, uma frase de apoio para seguir em frente e então faça. Pulso, braço e costelas são as regiões que mais recebem tatuagens de frases.

5 - Animais


Aqueles que tem um carinho especial por gatinhos, cachorrinhos ou qualquer outro animal de estimação podem apostar em uma tatuagem delicada de animais. Basta pedir para fazer apenas o contorno ou então tatuar pequenas patinhas. Pulso, costas e tornozelo são boas opções de locais para esse tipo de tatuagem.

6 - Âncora


A âncora tem todo aquele simbolismo de pé no chão, razão e tudo o mais. Sem contar que pode também representar algo que te guia. No meu caso apostei nesse desenho acima em que o balão de gás de coração está preso a âncora. Um verdadeiro conflito de razões e emoções.

7 - Flor


Gosta de flores? Então você pode também escolher um desenho mais delicado delas para tatuar em alguma região do corpo. O mais comum é se apostar na rosa, mais simples de ser desenhada e apenas no contorno dela, como na foto acima. A tattoo pode ser feita na perna, no braço e até mesmo nas costas.





sexta-feira, 16 de junho de 2017 0 comentários

Isabela dá dicas de como incluir macarrão na alimentação das crianças

Com os mais diversos tipos de molhos e cortes, as massas ajudam no desenvolvimento do paladar e da mastigação infantil

Em cada uma das fases da vida de uma criança, a alimentação passa por mudanças de acordo com a idade. Os recém-nascidos, por exemplo, devem ser alimentados exclusivamente com leite materno. Entre 4 e 6 meses, dependendo da orientação do pediatra, podem começar a consumir sucos e alguns alimentos pastosos, reforçando o aleitamento. Quando os dentinhos começam a nascer, os bebês já podem começar a consumir alimentos mais sólidos. É nesta fase que, com amor e paciência, as mamães podem ensiná-los a comer de tudo. As massas podem ser grandes aliadas à criação de bons hábitos alimentares.

As massas são consideradas fundamentais no processo de alimentação das crianças. Segundo Mariana Nacarato, nutricionista da Equilibrium, consultoria de nutrição da Isabela, marca de massas, biscoitos e torradas do Sul do país, o macarrão tem a consistência ideal para ajudar os pequenos a mudarem da dieta líquida para a sólida, complementadas por vegetais e proteínas. Mas é importante as mamães escolherem cortes pequeninos, como Alfabeto Animado Isabela e Caramujinho com Ovos Isabela.

A nutricionista destaca que, por conter carboidrato, o macarrão fornece energia e disposição às crianças, além de vitaminas e minerais essenciais para o seu desenvolvimento e crescimento. “Outras vantagens são a facilidade do preparo e a possibilidade de combinar as porções de massa com diversos tipos de legumes, verduras e proteínas. Assim, as massas são uma aposta certa para compor o cardápio infantil”, ensina Mariana.

Na fase da alimentação pastosa, o macarrão pode fazer parte da sopa como fonte de carboidrato e, se combinado com legumes e verduras, fica ainda mais nutritivo. Quando a criança passa a comer alimentos sólidos, uma boa pedida é agregar à massa uma proteína, como a carne moída ou o frango desfiado. “As proteínas têm papel muito importante na alimentação da criança por serem responsáveis pela construção dos músculos e vísceras, além de outras funções como a contração muscular e constituição de hormônios”.

Confira abaixo como preparar uma receita cheia de nutrição e sabor para incluir na alimentação das crianças.

Como preparar Sopa do Alfabeto


Ingredientes:
3 colheres (sopa) de azeite
500 g de músculo bovino cortado em cubos pequenos
1 cebola pequena picada
2 dentes de alho picados
sal a gosto
1 cenoura média em cubinhos
2 mandioquinhas médias em cubinhos
1 inhame cortado em cubinhos
1 xícara (chá) de Macarrão Alfabeto Animado Isabela (125 g)

Modo de Preparo:
Passo 1 - Na panela de pressão, aqueça o azeite e doure a carne. Junte a cebola, o alho e refogue por 2 minutos. Acrescente 1,5l de água quente, tempere com o sal, tampe a panela e cozinhe por 20 minutos após o inicio da pressão.
Passo 2 - Desligue o fogo, espere ceder toda a pressão e abra a panela. Junte os legumes e cozinhe-os em fogo baixo por 5 minutos, mexendo de vez em quando, ou até que estejam macios. Coloque a massa e mantenha em fogo baixo, por cerca de 6 minutos ou até que esteja macia. Desligue o fogo, prove o sal e sirva em seguida.

Rendimento: 8 porções
Tempo de preparo: 40 minutos

Para mais informações sobre a Isabela, acesse www.isabela.com.br.

Sobre a Isabela
Líder em vendas na categoria de biscoitos na Região Sul do Brasil, a marca Isabela, que pertence ao portfólio da M.Dias Branco S.A Indústria e Comércio de Alimentos, atua no mercado há mais de 60 anos. A marca é Top of Mind de massas e biscoitos há 24 anos consecutivos segundo a Revista Amanhã (RS) e foi contemplada pela 17ª vez consecutiva como a marca preferida e mais lembrada na categoria Biscoitos do Prêmio Marcas de Quem Decide 2016 segundo o Jornal do Comércio. Com o slogan “A vida é mais com Isabela”, possui mais de 70 produtos em seu portfólio, entre eles as crocantes e fresquinhas Torradas e os deliciosos biscoitos Leite sabor Chocolate, Leite Vitamina de Frutas, Maria Chocolate e Wafer Lanchinho – disponível nos sabores chocolate e morango.

Sobre M.Dias Branco S. A. Indústria e Comércio de Alimentos
Contando com mais de sessenta anos de existência, a M.Dias Branco S.A. Indústria e Comércio de Alimentos é uma empresa do setor de alimentos com ações negociadas no segmento do Novo Mercado da BM&FBovespa. A Companhia produz e comercializa biscoitos, massas, farinha e farelo de trigo, margarinas e gorduras vegetais, snacks e bolos, mistura para bolos e torradas. Sediada em Eusébio (CE), a empresa é líder de mercado em biscoitos e massas no Brasil, é a sexta maior empresa de massas e a sétima de biscoitos no ranking global por faturamento. Suas operações geram mais de 16 mil empregos diretos em diferentes regiões, refletindo o seu compromisso com fatores importantes para o desenvolvimento econômico e social do país.

Sua história começou ainda na década de 40 quando o comerciante e imigrante português, Manuel Dias Branco inaugurou a Padaria Imperial, em Fortaleza (CE). Atualmente, a M.Dias Branco possui um moderno parque industrial com equipamentos de última geração, segundo os mais rigorosos padrões de qualidade, operando com um modelo de integração vertical que permite a produção de suas mais importantes matérias-primas, a farinha de trigo e a gordura vegetal, utilizadas no processo de produção de biscoitos e massas. Suas marcas são sinônimo de tradição e qualidade, estabelecendo um vínculo de confiança e respeito com o consumidor. A estrutura operacional da M.Dias Branco S.A. Indústria e Comércio de Alimentos, com sede no Estado do Ceará, conta com 12 unidades industriais e 29 filiais comerciais distribuídas em diferentes Estados do País, garantindo uma cobertura nacional que possibilita a presença de suas marcas em todo o território nacional.


quarta-feira, 14 de junho de 2017 0 comentários

A história da garota em depressão e seu cartão de crédito




A história que eu vou contar hoje não é nem um pouco romântica. É triste como muitas que já contei, mas acredite, acontece com muita gente.

Pois bem, tudo começa há dois anos atrás. Ano de 2015 quando pela primeira vez fui apresentada aos famosos cartões de crédito. Me falaram maravilhas, os benefícios e tudo o mais. Admito que só liberei o cartão porque ia viajar e realmente vi vantagem em parcelar algumas coisas, como as passagens e a hospedagem, paga em duas vezes.

Anteriormente a isso eu sempre vivi sem cartão de crédito. Não ganhava assim tão bem mas dava meus​ pulos e me virava. Precisa comprar algo? Usava sempre o débito. Mas aí surgiu essa viagem e não vi nada de mal em ter o cartão de crédito em mãos.

Até aí tudo bem. Meu maior problema foi que tive que fazer uma cirurgia no mesmo ano, um mês após realizar a viagem, o que não me permitiu pagar o valor total da fatura. Ainda assim, no mês seguinte tudo estava resolvido e eu não devia mais do que R$ 400.

Mas a vida dá voltas não é mesmo? E o cartão de crédito começou a dar seus ares de mocinho, mesmo que no fundo fosse um grande vilão.

No final do ano eu acabei deixando meu emprego e finalmente comecei a trabalhar com algo que gosto. Isso foi ótimo para a minha saúde, fazer meu horário, fazer algo que gosto... Ainda assim freelance tem lá seus problemas, principalmente em relação aos ganhos, que são sempre imprevisíveis.

Além disso, do outro lado da história eu passava por sérios problemas familiares e terminei um relacionamento que na época era muito importante para mim. Eu não sabia naquela época, mas eu entrei em uma depressão pesadíssima e desenvolvi ansiedade grave e isso só contribuiu para que a minha amizade com o cartão de crédito aumentasse.

A verdade é que eu tinha um machucado gravíssimo no meu psicológico. Tipo ter um corte grave em alguma parte do corpo. Mas ao invés de resolver o problema e curar o sangramento eu simplesmente buscava soluções temporárias, um band-aid num corte em uma artéria.

E assim comecei meus gastos. Eu comprava coisas que nem cheguei a utilizar, bebia mais do que devia e passava tudo no crédito. Minhas contas antes em R$ 200 no máximo começaram a subir para R$ 500 por mês. Fiz um novo cartão e obtive aprovação. Agora além de R$ 500 eu tinha também R$ 1.300 liberados para uso. E eu segurei bem as pontas até acabar o seguro desemprego. Aí era só eu e os meus ganhos no novo emprego.

Mas quem disse que eu admitia que estava doente, que o cartão de crédito não era meu amigo? Eu não estava nem aí. Continuava gastando, comprando e vivendo com um dinheiro que na verdade eu não tinha.

Antes que alguém me critique saiba que sim, eu comecei um tratamento psicológico para lidar com os meus problemas. Mas até o ano passado eu não admitia que estava depressiva, que eu não podia falar sobre "tudo o que tinha acontecido" sem me desabar em lágrimas e em seguida me compensar com um presente. Eu só era ansiosa.

O detalhe é que cartão de crédito é uma bola de neve. E de repente o mocinho começa a se revelar um grande vilão. Como eu gastava bastante meu limite subiu de R$ 1.300 para R$ 2.500, isso sem contar o outro cartão que eu já tinha anteriormente. E assim eu me enrolei em uma linda bola de neve de dívidas.

Com o tempo não havia mais condições de pagar as parcelas totais dos cartões, comecei a pagar o valor mínimo. E o valor mínimo era o que eu gastava no começo e meio de 2015. Depois de um tempo nem mais o valor mínimo eu tinha condições de pagar. E junto com isso aquela sensação de que eu era um lixo, um fracasso que além de não conseguir manter um relacionamento não conseguia nem ao menos cuidar das próprias contas.

Foi então que eu percebi que não podia mais utilizar um dinheiro que eu não tinha como forma de curar uma dor que eu sentia. Um ferimento que eu ainda não havia curado. Foi então que eu admiti que eu ainda estava triste, magoada, que eu ainda não me sentia bem com "tudo o que havia acontecido". O detalhe é que quando percebi isso eu já tinha uma dívida de mais de R$ 3.000.

No dia que admiti isso as coisas mudaram. Eu consegui voltar a realizar minhas atividades, consegui voltar a ter foco e não me sentir tão fracassada. Decidi que minha meta de vida era quitar essas dívidas. Se eu realmente fosse morrer - e aqui entenda me matar - que ao menos fosse sem dívida nenhuma.

O primeiro passo foi renegociar a dívida maior. E assim tenho seis parcelas que se encaixam no meu orçamento e que me permitem pagar o valor total do cartão até o último dos vencimentos. O segundo foi parar de gastar. Se fosse gastar algo seria no débito, exatamente como eu fazia anteriormente. O terceiro foi admitir que sim eu estava depressiva e que não poderia ter pressa para tratar isso, pois infelizmente é uma doença que exige tempo e paciência.

Talvez você pense que eu tive que deixar de sair, de fazer o que gosto. Admito que não. Eu ainda saio, eu ainda me divirto. Mas controlo tudo na ponta do lápis. E sei que daqui a uns meses vou me agradecer por esse esforço, por essa chance que eu me dei.

E é bom poder finalmente dizer que estou livre das dívidas, com o nome limpo, e bom, vivendo um dia de cada vez ainda. Tudo que eu sei é que não adianta tentar curar um corte profundo com um band-aid. É como tapar o sol com a peneira. É temporário, te prejudica e volta com tudo, muitas vezes ainda pior... Como uma grande bola de neve!

segunda-feira, 12 de junho de 2017 0 comentários

7 razões para você se sentir feliz por não estar namorando

Quando chega o dia dos namorados é comum ver o pessoal que ainda não encontrou seu grande amor reclamando de estar sozinho (a), dizendo que está com invejinha branca dos casais e tudo o mais. A verdade é que a grama do vizinho sempre parece mais verde, não é mesmo?

Mas você já parou para pensar que namorar também tem seu lado ruim e consequentemente estar solteiro tem muitas vantagens?

Para você que ainda não encontrou o grande amor da sua vida não se sentir tão solitário e ficar apenas a reclamar nesse dia dos namorados, separei 7 razões para você se sentir feliz por não estar namorando ainda:

1 - O edredom é apenas seu




Apesar de dizerem que dormir junto com alguém garante um inverno quentinho, isso pode ser um grande problema em relação ao edredom. Acredite, na vida real o casal não dorme todo fofinho igual a gente vê nas novelas. Sempre tem alguém que rouba o cobertor e ocupa mais espaço do que deve na cama e por aí vai.

Se você está solteiro o edredom é todo seu e no máximo você vai dividi-lo com seu cachorro ou com o seu gato! Então se enrolar e se mexer a vontade na cama está totalmente liberado!

2 - Fazer pum tá liberado




Ok, sim, todo mundo solta pum de vez em quando. Mas convenhamos que é um pouco constrangedor deixar escapar aquele punzinho na frente de outra pessoa, inclusive do (a) namorado (a). Você sempre fica com aquela cara de "foi mal, escapou" e tem que ouvir um "caramba, caprichou hein?"

Agora se você está solteiro pode soltar puns a vontade enquanto está de boa no seu quarto debaixo das cobertas. Escapou? Beleza, você está sozinho e pode apenas rir da situação!

3 - A depilação pode esperar




Sim, estamos em uma época em que cada vez mais as mulheres estão assumindo seu natural. Ainda assim é normal que quando você está com outra pessoa deseje manter a depilação em dia, para fazer aquele agrado e garantir um momento mais "lisinho". Isso é válido inclusive para os homens que têm apostado na depilação íntima e no corte dos pelos das axilas.

Se você não tem ninguém, nem um crush mais fixo, pode se dar ao luxo de deixar a depilação esperar mais um pouco e curtir os pelinhos pelo corpo. Geralmente você pode deixar para se depilar apenas porque aquilo está te incomodando ou para se sentir mais bonito (a).

4 - Não precisar dar satisfação




A verdade é que por mais liberal que seja um relacionamento, o casal precisa dar satisfação sobre algumas coisas. É preciso que as coisas sejam transparentes: Vou sair com meus amigos hoje, vou visitar meus pais, vou viajar. Sim, é preciso dar satisfação, não nos mínimos detalhes, mas algo é preciso dizer a seu amado ou amada.

Quem está solteiro no máximo dá satisfação para os pais, isso quando o faz e pode sair de um rolê e ir para o outro sem se preocupar em estar fazendo algo errado, afinal você já avisou que ia voltar só no dia seguinte.

5 - Esquecer de responder o WhatsApp não é motivo de briga




Casais estão o tempo todo se mandando mensagens e conversando coisas bobas sobre seu dia a dia. Não que você solteiro (a) também não faça isso com seus amigos. No entanto, quando você não quiser responder na hora pode demorar um pouco e ficar online sem que o amigo ou amiga cobre uma resposta.

Agora com namorados a coisa é diferente. Esqueceu de responder? Vish, lá vem briga ou cobrança. Aliás, casais normalmente mantém o visto por último e a confirmação de leitura de mensagens ligada, algo que você como solteiro pode deixar desativado sem ser acusado de insensível ou de estar aprontando.

6 - Ter vários amores




Quem já encontrou seu amor não pode sair por aí paquerando outras pessoas, afinal não pega muito bem e parece que não está valorizando a pessoa que está ao seu lado.

Aqueles que estão solteiros por outro lado podem paquerar a vontade e literalmente deixar um pedacinho do coração com cada esquema. Você pode ter vários amores e não precisa se sentir culpado (a).

7 - Sair com os amigos é mais divertido




Quando você está namorando as saídas com os amigos diminuem um pouco, afinal é preciso dividir seu tempo entre as atividades diárias, um tempo para você, para a família, para os amigos e para o namorado (a). Sendo assim é normal que os casais optem por levar seu amado ou amada junto nas saídas com os amigos, para assim aproveitar melhor o tempo. E se aparecem sozinhos lá vem o comentário: "Ué, a mulher deixou sair sozinho hoje?" ou "Cadê o fulano (a)? Vocês brigaram?".

Se você está solteiro e aparecer sozinho no rolê com seu grupo de amigos não precisa justificar porque não está com o fulano ou com a fulana. Você simplesmente está saindo com você mesmo. Sem contar que pode falar a vontade sobre assuntos que conversa apenas com os amigos sem ter um namorado (a) ouvindo tudo.

segunda-feira, 5 de junho de 2017 0 comentários

7 coisas para fazer (quase) de graça

Vejo muita gente reclamar que é um saco ficar sem dinheiro, pois não tem nada legal para fazer e por aí vai. Parece que a vida só é divertida e interessante no começo do mês, quando o salário cai na conta. Depois literalmente tudo vira um tédio.

Pois bem, com certeza é legal sair com dinheiro, sabendo que pode gastar um pouco mais sem no mês seguinte desejar se matar ao ver a conta do cartão de crédito. Mas você sabia que é possível sim se divertir sem gastar nada ou quase nada? Dá uma olhadinha nessas 7 sugestões:

1 - Ir ao museu




Antes que alguém me taque uma pedra e diga que eu estou louca, que museu tem que pagar sim para entrar, trate de pesquisar bem pela sua cidade. Algumas exposições são gratuitas ou o próprio museu conta com um dia especial em que a entrada é grátis. Aproveite e veja o que há de bom em exposição!

Pense que o único que você vai gastar é a passagem de ônibus ou um pouco de gasolina para se deslocar até o museu da sua cidade!

2 - Ir ao parque


A grande maioria das cidades conta com um parque ou uma praça, um espaço público e aberto no qual as pessoas podem ir caminhar, correr, andar de bicicleta ou de skate, passear com o cachorro e até mesmo fazer um piquenique. Espere por aquele lindo dia de sol e céu azul (se você mora em Curitiba espere por um dia sem chuva que já ajuda haha), chame uns amigos e aproveite o passeio.

Dá para preparar um lanche e levar umas bebidas e degustar enquanto conversam ou caminham pelo local.

3 - Sessão de filmes em casa



Ao invés de marcar um encontro no bar ou na balada, que tal combinar com alguns amigos de fazer uma sessão de filmes na casa de alguém. Cada um leva o que tem em casa, um pacote de bolacha, um pacotinho de suco, as cervejas que sobraram do final de semana... Depois é só ligar o Netflix ou o DVD e assistir os filmes (ou séries) planejados.

Quer fazer algo mais em conta? Convide apenas os amigos mais íntimos, uma reunião de no máximo 5 pessoas.

4 - Ir a biblioteca



Quem gosta de ler pode gostar dessa sugestão. Durante a semana ou no próprio sábado quando você estiver sem dinheiro, vá até a biblioteca pública da sua cidade, escolha um livro e fique lendo por lá mesmo. Se não quiser ler por lá aproveite para conhecer os títulos que estão disponíveis para empréstimo e faça um tour pela biblioteca.

Se você ainda não tem carteirinha talvez precise investir alguns reais para fazê-la, mas relaxa que não passa de R$ 5 e não vai rolar arrependimento.

5 - Visite as feirinhas da cidade



Sua cidade conta com regiões que tem aquelas famosas feirinhas de artesanato? Chame um amigo ou o namorado (a) e conheça o que está a venda nesses espaços. Faça tudo sem compromisso, sem aquela obrigação de preciso comprar algo. Vá apenas para ver e conhecer mais essas feirinhas.

6 - Ande de bicicleta pela cidade



Gosta de andar de bike? Então utilize isso como uma forma de lazer. Prepare a bicicleta e vá conhecer as ruas da cidade. Talvez você descubra mais até mesmo sobre o seu próprio bairro e regiões próximas - por onde sugiro que comece o passeio se não está acostumado (a) a pedalar longas distâncias - e depois se desafie a fazer caminhos que você faz apenas de carro ou de ônibus utilizando a bike. Você se exercita, se diverte e ao mesmo tempo conhece a cidade!

7 - Tour pelo Cemitério



Ok, esse passeio vai soar meio mórbido, mas os cemitérios por si só podem ser interessantes de serem conhecidos. Algumas cidades inclusive oferecem tour guiado e contam com pessoas importantes que foram enterradas no local. Só não se esqueça que para o passeio ser de graça precisa ser o cemitério municipal da cidade...
quarta-feira, 31 de maio de 2017 0 comentários

Amizade entre homem e mulher



Ok, tenho certeza de que antes mesmo de começar esse texto já tem um monte de gente pronta para me dizer que amizade entre homem e mulher não existe ou só existe se um deles for homossexual.

A verdade é que eu acho essa forma de pensar o maior absurdo. Me irritam muito aqueles comentários: "Olha lá a fulaninha e o beltraninho, tão de rolo com certeza!" e na verdade ele é apenas o seu melhor amigo, aquele amigo irmão para quem você confidencia tudo. Vocês podem dormir no mesmo quarto, na mesma cama e não, não vai rolar nada, porque só existe amizade!

Ainda assim sempre tem gente querendo achar que sabe mais do que você. Que se um homem é amigo de uma mulher é porque ele tem algum interesse nela - seja amoroso ou sexual - e o mesmo é válido em relação a elas.

Então acho que está na hora desse preconceito ser deixado de lado. E se você é apenas amiga de um garoto, não sinta vergonha disso, deixe que falem. O mesmo é válido na situação ao contrária. Repita quantas vezes for preciso que vocês são como irmãos.

Afinal, você bem sabe que a coisa é tão amizade que vocês chegam inclusive a dar conselhos amorosos um para o outro!

Amizade entre homem e mulher existe sim! Larga mão de pensar bobagem ou de sentir vergonha de ter um melhor amigo!


segunda-feira, 29 de maio de 2017 0 comentários

7 motivos para você beber cerveja

Talvez você discorde comigo, mas a cerveja foi uma das melhores bebidas já inventadas. Claro que há outras bebidas para paladares mais chiques, mas pense, a cerveja é uma das únicas que pode ser simples, do povão mesmo e também toda glamourosa, para quem degusta do líquido.

Então, seja você um bom bebedor de cerveja ou aquele que só bebe das marcas mais chiques, que tal dar uma lidinha nesses 7 motivos para você beber (ou continuar a) cerveja:

1 - Ótima companhia para um bate-papo

Tem companhia melhor do que um - ou mais - copos de cerveja cheios na mesa enquanto você bate um papo com seus amigos. A bebida parece deixar a conversa mais intensa e interessante, sem contar que ajuda você a se entrosar mais facilmente com quem ainda não conhece tão bem.

"Seu copo está vazio? Deixa que eu sirvo mais!"

2 - Ajuda a ter grandes ideias

Geralmente tomamos uma cervejinha gelada com o intuito de relaxar e mandar o estresse para bem longe. Sendo assim é normal que a criatividade bata a porta mesmo quando você não está bêbado. Quem nunca teve uma grande ideia na mesa de um bar - ou segurando uma garrafa de cerveja em mãos - que por favor atire a primeira pedra!

"Como é que eu nunca pensei nisso antes?"

3 - Reduz o estresse e a ansiedade

Acredito que eu poderia ter colocado a cerveja como uma dica de controle da ansiedade no meu último post, ainda assim deixo para contar essa novidade aqui: A cerveja ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade. Inclusive quando consumida de forma regular. Claro que é preciso consumir com moderação e nada de se embebedar. A ideia é dar ao seu corpo aquele merecido descanso da correria do dia-a-dia.

"Tá estressado (a) hoje né? Toma uma cerveja aqui!"

4 - Ajuda o coração a funcionar melhor

Não é apenas o vinho que faz com que o coração funcione melhor. Estudos comprovam que consumir aproximadamente 600ml de cerveja por dia também geram essa contribuição. Claro que é preciso cuidado com o teor alcoólico da bebida, que não pode ultrapassar os 5%.

"Apresento o novo amor da minha vida: A cerveja!"

5 - Ajuda a dormir melhor

Talvez você se identifique com esse motivo ao se lembrar das vezes em que chegou em casa caindo de bêbado (a). Mas não, a cerveja não ajuda a dormir apenas nessa situação. Pesquisas comprovam que tomar uma cerveja de 300 ml antes de ir se deitar garante uma noite de sono mais tranquila. Ou seja, tem o mesmo efeito que tomar um remédio para dormir.

"Dormi como um anjo depois de tomar esse delicioso novo remédio!"

6 - Aumenta a sua imunidade

A cerveja pode te ajudar a se manter bem longe das gripes e resfriados. Isso porque ela consegue aumentar a sua imunidade. No entanto, para que isso tenha efeito é preciso beber com moderação, pois encher a cara gera o efeito contrário.

"Não sei o que é ter gripe desde que comecei a beber cerveja todos os dias!"

7 - Previne a hipertensão

Você sabia que a cerveja também ajuda a prevenir a pressão alta? A bebida faz com que os vasos sanguíneos dilatem, fazendo assim com que a pressão caia. Quem bebe cerveja moderadamente está livre dos riscos de pressão alta - e consequente ataque cardíaco.


"Sua pressão está dentro dos níveis normais. O que você mudou em sua alimentação?"
"Incluí a cerveja!"
 
;